terça-feira, 17 de maio de 2022

Compilação da imprensa (119)

Os anteriores Aqui

Confraria do Vinho de Verdelho dos Biscoitos no II Encontro Nacional de Confrarias Báquicas e Gastronómicas, Viseu

No Boletim-Boletim da Confraria do Vinho Verdelho dos Biscoitos n.2 Ano 1997

Confraria do Vinho de Verdelho dos Biscoitos(Ilha Terceira. Açores. Portugal) leva vinhos para o II Encontro Nacional de Confrarias Báquicas e Gastronómicas, Viseu:
da Cooperativa Vitivinícola da Ilha do Pico C.R.L.

da Adega Cooperativa da Ilha Graciosa C.R.L.

da Adega de João André Loureiro, Canada dos Frades, Praia da Vitória, Portugal, PORTUGAL

da Adega de Adolfo Ribeiro de Lima, Caminho do Concelho, Praia da Vitória, Portugal, PORTUGAL

da Adega da Casa Agrícola Brum, Canada do Caldeira, Praia da Vitória, Portugal. PORTUGAL

Outras "Parras" :

Planta da Freguesia dos Biscoitos (ano 1830) aqui

Plantas Vasculares nas Vinhas dos Biscoitos (ano 1971) aqui.

"A vinha perde-se e a população nada ganha" (ano 1994) aqui.

"Região de Biscoitos, nos Açores - Casas em vez de vinhas" - Santos Mota (ano 1994) - aqui.

"Biscoitos: que futuro? "-José Aurélio Almeida (ano 1996) - aqui.

"As Vinha dos Biscoitos" -Bailinho de Carnaval da Freguesia das Fontinhas. (ano 1997) aqui.

Pisa e Mosto (1997) aqui

Sinónimos- Casta Terrantez da Terceira -Aqui

"Uma virada nos Biscoitos"(Açores)- (ano 1998) aqui.

O viticultor açoriano está envelhecido (ano 1998/99) aqui

“Provedor de Justiça dá razão à Confraria” (ano 1999) aqui.

“Museologia de Interpretação da Paisagem Ecomuseu dos Biscoitos, da ilha Terceira” - por Fernando Santos Pessoa (ano de 2001) aqui.

"Carta de risco geológico da Terceira" (ano ano 2001) aqui.

"Paisagem Báquica - Memória e Identidade" - Aurora Carapinha (ano 2001) aqui.

“A Paisagem Açoriana dos Biscoitos” - por Gonçalo Ribeiro Telles (ano 2002) aqui.

"Fadiga sensorial" (ano 2007) aqui.

"Defender curraletas!" (ano 2007) aqui.

"Tutores" (ano 2007) aqui.

"Rememorando as origens dos Biscoitos nos séculos XV e XVI"- por Rute Dias Gregório (ano 2008) aquiaqui e aqui.

“A Vinha, o Vinho dos Biscoitos e o Turismo” - por Margarida Pessoa Pires (ano 2009) aqui.

S. Pedro e S. Paulo .../... Quinta-feira dos compadres  (Carnaval na Ilha Terceira -16/02/2017)aqui


"O Aditivo"- por Francisco dos Reis Maduro-Dias -ano de 2009 
Aqui


A Casa Agrícola Brum tem nova administração - ANO de 2010 AQUI

Biscoitos de Lava para os “sete magníficos” (ano 2011) aqui

"Acerca do vinho" -por Francisco Maduro-Dias (ano 2011) Aqui

Produção de vinho nos Biscoitos em 2015 - Aqui

Carnaval- Quinta -feira de compadres na ilha Terceira (Fevereiro 2017)- Aqui

Garrafa Comemorativa do 125.º Aniversário da Casa Agrícola Brum - 2015 - Vídeo Aqui

BRUM 130 Anos de Tradição  (Ano 2020) Aqui

 

domingo, 1 de maio de 2022

EFEMÉRIDES AÇORIANAS - MAIO (14)

 

📷 José da Silva Maya/arquivo :Luís Mendes Brum

Porto das Pipas-Angra do Heroísmo



1. 1808- Ocorre uma erupção vulcânica na Urzelina, Ilha de São Jorge, destruindo a maior parte do povoado, causando mortes e as vinhas que produziam o excelente vinho Casteletes » aqui. Vinho muito apreciado no estrangeiro. Foi, também, exportado para o estrangeiro a partir do Porto da Horta.

2.1901- O estabelecimento de José Cláudio de Sousa na Rua da Matriz 7 e 9 em Ponta Delgada, ilha de S. Miguel, tem para venda novidades em espingardas e revolveres, cartuchos e balas para os mesmos e um completo sortimento de todos os aprestes para caça

3.1882- Violento sismo atinge a Ilha do Faial.

4.É fundado, no Corpo Santo, Angra do Heroísmo o Sport Clube Marítimo.

5.1971- Dando continuidade ao projecto de urbanização da cidade de Angra do Heroísmo o município deliberou "proceder á demarcação pública de seis talhões de terreno na Avenida Eng. Frederico Ulrich com vista à construção de novos prédios.

6.1971- Encerra na Galeria Gávea em Angra do Heroísmo a exposição de obras dos artistas Bartolomeu Cid e António Bouça.

7.2021-Falece o ilustre micaelense, o Professor Jorge Manuel Mota Amaral Borges.

8.1994- Reaparece o programa “Magazine Tauromático” da R.T.P.-Açores constituído pelos ilustres terceirenses Ricardo Jorge, Luís Ourique e João Ourique.

8.1444-É descoberta a Ilha de São Miguel. Sendo os seus primeiros povoadores Africanos, que o Infante mandou ficassem no lugar da Povoação, até á volta dos povoadores portugueses”. 

9.1971- É sagrada a Igreja de S. Bartolomeu dos Regatos, concelho de Angra do Heroísmo.

10.1971- A Ilha Graciosa durante o ano 1970 exportou 1600 pipas de vinho.

11.1995-É apresentado o livro "O Império da Caridade do Corpo Santo ou Ermida de S. João Baptista", de Paulo de Ávila de Melo, no Salão Nobre da Câmara de Angra do Heroísmo, integrado na Festa do Centenário do Império da Caridade do Corpo Santo ou Ermida de S. João Baptista.

“É uma homenagem a todos aqueles que nos antecederam e que deram ao Bairro Oriental da Cidade o carácter que se lhe reconhece e aos que nos legaram uma Irmandade que agora completa cem anos. É afinal, o que vai ficar das festas, quando, a 8 de Julho de 1995, elas terminarem.

A Paulo Melo, ele próprio morador neste Bairro e um investigador das coisas da história e da vida da nossa ilha e das nossas comunidades, pedimos que desse forma a este nosso projecto, o que ele fez com competência e, ao tornar mais abrangente o seu estudo, alargando-o à toponímia do Bairro e a outros aspectos correlacionados, mostrou uma correcta compreensão da realidade e da intenção da própria Comissão de Festas. Ao Paulo Melo os nossos agradecimentos. Bairro do Corpo Santo dos Mareantes, 3 de abril de 1995- A Comissão”.

A Comissão das Festas é assim constituída:

Sub-Comissão de Coroa: Alexandre Manuel Mendes de Barros, António Henrique da Silva Raposo, Basílio Orbelo Coutinho de Ávila e Miguel Emanuel Coutinho de Ávila.

Sub-Comissão do Gado: Alberto Sabino Vieira, Ângelo de Lemos Silveira, João Gil Mendes Melo Alves, José António Melo Cordeiro e José Liduíno Bertão Alves.

Sub-Comissão Cultural: Álvaro Duarte da Costa Àvila, Duarte Manuel Bettencourt Mendes,Francisco Paulo Correia Goulart e José Henrique Pires Borges.

Sub-Comissão de Logística: Délcio Manuel Couto Sousa, João Manuel Lopes Pires, José Henrique Silveira Arruda e Paulo Jorge da Silva Vieira.

Sub-Comissão do Canadá: Faustino Machado Lopes Coutinho, Maria da Conceição Coutinho.

12. 1528- É transferida a Alfandega da Ilha de São Miguel de Vila Franca do Campo para Ponta Delgada.

13. 2021- Reabre o Café Aliança ( fundado em 1942) em Angra do Heroísmo(Praça Velha), agora remodelado Café e Hostel.

14.1877- Tem alvará a fábrica de tabaco Insulana.

15.2021- É inaugurado o Hostel Boa Nova na Ilha Graciosa.

16. 1966- É inaugurado em Ponta Delgada (ilha de S. Miguel)o edifício do Seminário Colégio do Senhor Santo Cristo.

17. 2010- O Grupo Folclórico “Fontes da Nossa Ilha”, da freguesia das Fontinhas, é o “Imperador”, das festividades do Divino Espírito Santo deste ano. (Ver de 1 a 56 Aqui).

18.2006- É Inaugurado em Ponta Delgada, Ilha de S. Miguel, o Núcleo de Arte Sacra do Museu Carlos Machado, na Igreja do Colégio dos Jesuítas.

19.1994-O primeiro ministro, Prof.Dr.Aníbal Cavaco Silva visita Angra do Heroísmo, sendo recebido na Sala das Carrancas- Palácio dos Capitães Generais.

20.1997-Termina o prazo de entrega das propostas na Câmara de Angra, dos interessados, na compra do imóvel, propriedade do município angrense, denominado Quinta do Caracol ( À Silveira).

21.1971-O presidente da Câmara Municipal de Angra Dr. Moniz de Oliveira entrega "Guiões" às três Companhias que vão prestar serviço no Ultramar.

22. 1971- A Fanfarra Operária Gago Coutinho e Sacadura Cabral com o patrocínio da Academia Musical da Ilha Terceira aceita, até ao próximo dia 31,marcações para  aulas (gratuitas)de violino.

23. 1893- É fundada em Ponta Delgada, Ilha de São Miguel, a Fábrica de Cervejas e Refrigerantes João de Melo Abreu, Lda.

24.1814-Violentos sismos assolam a ilha Terceira, falecendo mais de 200 pessoas e causando elevados prejuízos materiais.

25.2019-ADecorre na ilha de São Miguel as Festas anuais do Senhor Santo Cristo dos Milagres.

26.1975- É Fundado em Angra do Heroísmo o TAC -Terceira Automóvel Clube

27.1971- É aposentado Agostinho Botelho Alves, patrão do quadro do serviço fluvial e marítimo da Alfândega de Ponta Delgada (Ilha de S. Miguel) em serviço na Delegação Aduaneira de Angra do Heroísmo.

28.1941- Tem inicio, em Ponta Delgada, Ilha de S.Miguel, as primeiras emissões experimentais do Emissor Regional da Emissora Nacional.

29.1971- Mais uma vez o "Ballet Angrense" , com o entusiasmo de Maria Antonieta Costa, actua no palco do Teatro Angrense.

30.2021-Falece em Angra do Heroísmo Manuel Vasco Mont’Alverne de Sequeira, o Sr. Mont’Alverne, como era mais conhecido . Foi funcionário bancário na Caixa Económica da Santa Casa da Misericórdia de Angra do Heroísmo e Explicador de Matemática e de Física.

31.2021- Realiza-se o funeral, em Angra do Heroísmo, do Senhor Manuel Vasco Mont'Alverne Sequeira, nasceu  na Ilha do Faial em 1932. O "senhor Mon'Alverne" como era conhecido entre as camadas mais jovens, gerações sobre gerações que passaram pelos bancos da sua sala e onde aprimoravam os conhecimentos, sobretudo de Matemática, mas também de Física e Química.

Fontes: Diário Insular; Almanaque Açores ano 1932,p112; Almanaque Açores ano 1932,p112Arquivos de José da Silva Maya, Álvaro de Castro Meneses, “Revista Ilha Terceira”; Boletim Municipal CMAH, Boletim do Instituto Histórico da Ilha Terceira Vol.XLIX  , “Almanaque Açores”, Jornal da Praia 30.06.2014.Garrett e a Ilha Terceira – Memorial por João Dias Afonso


domingo, 17 de abril de 2022

Compilação da imprensa (118)

Os anteriores aqui

Vitorino Nemésio cantou
o "Verdelho" açoriano
Por: Santos Mota
No Diário de Notícias, 31 de Maio de 1991
DN VINHOS 


Casa Agrícola Brum 1890-2020: 
AQUI


CASA AGRÍCOLA BRUM  130.º Aniversário
2 de Fevereiro de 1890 - 2 de Fevereiro de 2020. Ver e Ler Aqui

BRUM
130 Anos de Tradição (4de Março de 2020): Aqui

Rótulo (20.Outubro de2020)» Aqui

Preço das uvas na Ilha Terceira (ano 2005) .../... Aqui


Outras "Parras" :

Planta da Freguesia dos Biscoitos (ano 1830) aqui

Plantas Vasculares nas Vinhas dos Biscoitos (ano 1971) aqui.

"A vinha perde-se e a população nada ganha" (ano 1994) aqui.

"Região de Biscoitos, nos Açores - Casas em vez de vinhas" - Santos Mota (ano 1994) - aqui.

"Biscoitos: que futuro? "-José Aurélio Almeida (ano 1996) - aqui.

"As Vinha dos Biscoitos" -Bailinho de Carnaval da Freguesia das Fontinhas. (ano 1997) aqui.

Pisa e Mosto (1997) aqui

Sinónimos- Casta Terrantez da Terceira -Aqui

"Uma virada nos Biscoitos"(Açores)- (ano 1998) aqui.

O viticultor açoriano está envelhecido (ano 1998/99) aqui

“Provedor de Justiça dá razão à Confraria” (ano 1999) aqui.

“Museologia de Interpretação da Paisagem Ecomuseu dos Biscoitos, da ilha Terceira” - por Fernando Santos Pessoa (ano de 2001) aqui.

"Carta de risco geológico da Terceira" (ano ano 2001) aqui.

"Paisagem Báquica - Memória e Identidade" - Aurora Carapinha (ano 2001) aqui.

“A Paisagem Açoriana dos Biscoitos” - por Gonçalo Ribeiro Telles (ano 2002) aqui.

"Fadiga sensorial" (ano 2007) aqui.

"Defender curraletas!" (ano 2007) aqui.

"Tutores" (ano 2007) aqui.

"Rememorando as origens dos Biscoitos nos séculos XV e XVI"- por Rute Dias Gregório (ano 2008) aquiaqui e aqui.

“A Vinha, o Vinho dos Biscoitos e o Turismo” - por Margarida Pessoa Pires (ano 2009) aqui.

S. Pedro e S. Paulo .../... Quinta-feira dos compadres  (Carnaval na Ilha Terceira -16/02/2017)aqui

"O Aditivo"- por Francisco dos Reis Maduro-Dias -ano de 2009 Aqui

A Casa Agrícola Brum tem nova administração - ANO de 2010 AQUI

Biscoitos de Lava para os “sete magníficos” (ano 2011) aqui

"Acerca do vinho" -por Francisco Maduro-Dias (ano 2011) Aqui

Produção de vinho nos Biscoitos em 2015 - Aqui

Carnaval- Quinta -feira de compadres na ilha Terceira (Fevereiro 2017)- Aqui

Garrafa Comemorativa do 125.º Aniversário da Casa Agrícola Brum - 2015 - Vídeo Aqui

BRUM 130 Anos de Tradição  (Ano 2020) Aqui

sexta-feira, 1 de abril de 2022

EFEMÉRIDES AÇORIANAS - ABRIL (14)

 📷 Álvaro Forjaz
Ilha Terceira. Cabouco do Cume.

1.2015- Falece em Angra do Heroísmo o Dr. Rui Manuel Miranda de Mesquita. Foi farmacêutico, professor liceal, membro do Governo Regional dos Açores e Presidente da Câmara Municipal de Angra do Heroísmo.

2. 1892- A Companhia de Seguros Açoreana inicia a sua actividade na cidade de Ponta Delgada.

3.1997- O Rádio Clube de Angra completa 50 anos de existência.

4.1971- Morre em combate na Guerra do Ultramar José Adelino da Silva, natural da freguesia da Sé, Angra do Heroísmo.

5.1971- A TAP passa a voar directamente entre a Ilha de S. Miguel e Lisboa.

6. 1980- Actua pela primeira vez em público o Grupo Folclórico de Santa Bárbara na Ilha de Santa Maria.

 7.1953- A Vivenda José Mendes, À Cruz da Duas Ribeiras, em S. Bartolomeu dos Regatos, Concelho de Angra do Heroísmo, vende à porta vinho de cheiro a 4$50 o litro.

8.1901- Luiz Rebelo gerente e proprietário da Fábrica de Laticínios Liga dos Lavradores tem, na Rua da Sé  196 (Ao Alto das Covas) Angra, para venda e aos preços correntes manteiga de 1.ª qualidade, em latas ilustradas de 10 Kilos, 5 Kilos, 1 Kilo e meio Kilo. Também tem para venda a retalho, salgada, com meio sal e simples. Aberto das 6 horas da manhã ás 9 da noite.

9.1994- Realiza-se uma tenta picada na Praça de Toiros da Ilha Terceira, comentada pelo Dr. António Vasco Lucas.

10.1862- O Governador Civil do Distrito Administrativo de Angra do Heroísmo, Jácome de Bruges, "atende os pedidos dos moradores do lugar das Cinco Ribeiras curato de Nossa Senhora do Pilar para a construção de uma nova Igreja que sirva de assento ao dito curato, e do exercício do culto, e mais funções religiosas".

11.2019- Os participantes do Encontro da Associação dos Municípios do Vinho visitam a adega e museu do vinho da Casa Agrícola Brum, (Canada do Caldeira, Praia da Vitória, Portugal).

12.1857- A Filarmónica Terceirense actua , pela primeira vez, em público

13.2003-Falece,em Lisboa, Pedro Laureano de Mendonça da Silveira , natural da Fajã Grande, Ilha das Flores. Foi agricultor, escriturário, delegado de informação médica, poeta, escritor,historiador, tradutor e bibliotecário.

14.1861- É inaugurado o Asilo de Mendicidade de Angra.

15.1841- Encontra-se no porto de Angra a Escuna “Vila do Porto”.

16.1944- Nasce na cidade da Horta o ilustre açoriano Fernando Manuel de Faria Ribeiro. Professor, historiador, escritor e político.

17.2021-Falece o padre José Alvernaz Pereira Escobar. Era natural da freguesia do Salão, ilha do Faial.

18.1994- O Presidente da República, Dr. Mário Soares, visita o ”Castelinho” e a  cidade de Angra do Heroísmo.

19.2021- Tempestade Lola começa a atingir os Açores.  

20.1994- Falece o distinto terceirense José Albino Fernandes. Destacado lavrador, ganadeiro, antigo cavaleiro-amador e Vinhateiro-produtor/engarrafador de vinho de Verdelho dos Biscoitos (Ilha Terceira).

21.1971-A "Astoria Linen Shop na Rua da República 103, na Praia da Vitória- «ASTORIA» A SYMBOL OF DE ELEGANCE A ND GOOD TASTE- Patronised by all leadingntourists and visitors to the Island".

22.2021- A tempestade Lola causou grandes prejuízos nas vinhas dos Biscoitos (Ilha Terceira) e da Ilha Graciosa.

23. 1972- Abre o Museu Etnográfico de Santo Espírito, Ilha de Santa Maria.
23. 2021-Oficialização da AVIT - Associação dos Vitivinicultores da Ilha Terceira.

24.1995- Falece em Lisboa a terceirense D. Osvalda Alcáçova Couto de Sousa Ultra. Foi professora na Escola do Magistério Primário, do Liceu Nacional de Angra do Heroísmo. Senhora dotada de grande sensibilidade para as artes. Foi confreira co-fundadora da Confraria do Vinho de Verdelho dos Biscoitos. 

25.1997- O Teatro Experimental de Angra do Heroísmo "O Outro Teatro" realiza no Teatro Angrense um Recital de Poesia, Música e Dança, com a participação de vários artistas locais.

26.2021-  O Presidente do Governo, José Manuel Bolieiro e o Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, estão presentes na cerimónia de inauguração da nova antena SMA2 15mts Terminal,  Monte das Flores, Ilha de Santa Maria.

27.1994-Falece o Sr. Augusto Amaral(Francisco Augusto d´Avila),do Bairro do Corpo Santo, Angra do Heroísmo. dedicado governante e irmão do Império da Caridade. O Império também era conhecido por “o Império do Augusto Amaral.

28.2021-Face ao reporte de prejuízos nas produções hortícolas, frutícolas, e em especial na vinha, bem como de outras produções, que resultaram da passagem pelos Açores da depressão Lola entre 22 e 24 de abril, a Federação Agrícola dos Açores (FAA) solicita, com caracter de urgência, que a Secretaria Regional da Agricultura e Desenvolvimento Rural (SRADR) proceda, através dos Técnicos dos Serviços de Desenvolvimento Agrário de Ilha, ao levantamento pormenorizado dos prejuízos, assim como a avaliação dos montantes que representam as perdas de produção para cada setor.

29.1994-Encerra no átrio superior da Câmara Municipal de Angra do Heroísmo uma exposição de toda a obra ex-librística do artista xilogravador Ruy Fernando Palhé da Silva. A técnica de gravura sobre madeira, principalmente buxo, que não havia , ainda, sido abordada nas exposições anteriores.

30.1976- A Constituição Portuguesa aprova o partido politico UDA-União Democrática Atlântica, constituído por açorianos e madeirenses.

31. 1971-É aposentado o Dr. Manuel de Sousa Rodrigues, Professor do Liceu Nacional de Angra do Heroísmo. 

Fontes: Boletim Municipal da CMAH - AnoXII -N.º. 15 Ano 1997;  Arquivos de José da Silva Maya, Álvaro de Castro Meneses, “Revista Ilha Terceira”; Boletim Municipal CMAH, Boletim do Instituto Histórico da Ilha Terceira Vol.XLIX  , “Almanaque Açores”, Jornal da Praia 30.06.2014.Garrett e a Ilha Terceira – Memorial por João Dias Afonso;Paulo de Ávila de Melo-O Império da Caridade do Corpo Santo ou Ermida de São João Baptista. Açoriano Oriental.


quinta-feira, 17 de março de 2022

Compilação da imprensa (117)

As anteriores » Aqui


Mais um contributo  documental de interesse para a Região

"História dos Açores"
em imagens no Facebook


Damos hoje a conhecer a página "História dos Açores", que basicamente é um site sem fins lucrativos que tem por objectivo fazer um levantamento de documentos de interesse patrimonial para os Açores, partilhando e completando todo o seu conteúdo através da participação dos seus utilizadores.

"A ideia da página "História dos Açores" nasceu segundo o seu administrador, Luís Filipe Vasconcelos Franco, quando começou a constactar que no Facebook apareciam imagens e testemunhos de especial valor patrimonial para os Açores."

No Atlântico Expresso 29 de setembro de 2014


Outras "Parras" :

Planta da Freguesia dos Biscoitos (ano 1830) aqui

Plantas Vasculares nas Vinhas dos Biscoitos (ano 1971) aqui.

"A vinha perde-se e a população nada ganha" (ano 1994) aqui.

"Região de Biscoitos, nos Açores - Casas em vez de vinhas" - Santos Mota (ano 1994) - aqui.

"Biscoitos: que futuro? "-José Aurélio Almeida (ano 1996) - aqui.

"As Vinha dos Biscoitos" -Bailinho de Carnaval da Freguesia das Fontinhas. (ano 1997) aqui.

Pisa e Mosto (1997) aqui

Sinónimos- Casta Terrantez da Terceira -Aqui

"Uma virada nos Biscoitos"(Açores)- (ano 1998) aqui.

O viticultor açoriano está envelhecido (ano 1998/99) aqui

“Provedor de Justiça dá razão à Confraria” (ano 1999) aqui.

“Museologia de Interpretação da Paisagem Ecomuseu dos Biscoitos, da ilha Terceira” - por Fernando Santos Pessoa (ano de 2001) aqui.

"Carta de risco geológico da Terceira" (ano ano 2001) aqui.

"Paisagem Báquica - Memória e Identidade" - Aurora Carapinha (ano 2001) aqui.

“A Paisagem Açoriana dos Biscoitos” - por Gonçalo Ribeiro Telles (ano 2002) aqui.

"Fadiga sensorial" (ano 2007) aqui.

"Defender curraletas!" (ano 2007) aqui.

"Tutores" (ano 2007) aqui.

"Rememorando as origens dos Biscoitos nos séculos XV e XVI"- por Rute Dias Gregório (ano 2008) aquiaqui e aqui.

“A Vinha, o Vinho dos Biscoitos e o Turismo” - por Margarida Pessoa Pires (ano 2009) aqui.

S. Pedro e S. Paulo .../... Quinta-feira dos compadres  (Carnaval na Ilha Terceira -16/02/2017)aqui

"O Aditivo"- por Francisco dos Reis Maduro-Dias -ano de 2009 Aqui

A Casa Agrícola Brum tem nova administração - ANO de 2010 AQUI

Biscoitos de Lava para os “sete magníficos” (ano 2011) aqui

"Acerca do vinho" -por Francisco Maduro-Dias (ano 2011) Aqui

Produção de vinho nos Biscoitos em 2015 - Aqui

Carnaval- Quinta -feira de compadres na ilha Terceira (Fevereiro 2017)- Aqui

Garrafa Comemorativa do 125.º Aniversário da Casa Agrícola Brum - 2015 - Vídeo Aqui

BRUM 130 Anos de Tradição  (Ano 2020) Aqui

terça-feira, 1 de março de 2022

EFEMÉRIDES AÇORIANAS - MARÇO (14)


1-2019- Encerra a exposição fotográfica do terceirense Luís Godinho em Lisboa ( Museu Nacional do Traje) Blood Red Luxury, sobre a exploração ilegal de umas minas da pedra semi preciosa de Granada em Moçambique.

2.1832- D. Pedro depois da visita à Ilha de São Miguel segue viagem para Angra.

3.2017- Grupo da Johnson & Wales provam vinhos nos Biscoitos, Ilha Terceira. Os professores daquela Universidade admiraram a qualidade dos vinhos de mesa e dos licorosos envelhecidos.

4.1897- Nasce em Angra do Heroísmo Carlos de Ornellas Lopes Banhos. Destacou-se como  jornalista, escritor e militar.

5 1901- Severiano de Bettencourt, casa fundada em 1884,na Rua do Salinas 52 a 60 em Angra, tem novidades em fazendas e malas e pertences de viagem.

6.1608- É colocada a primeira pedra para edificação do Convento de Nossa senhora da Vitória, em Vila do Porto, Ilha de Santa Maria.

7.1956-É fundada na Freguesia de Biscoitos, Ilha Terceira, a Sociedade Recreio Biscoitense.

8. 1975- Militantes do MAPA -Movimento para a Autodeterminação do Povo Açoriano criam em Londres a FLA-Frente de Libertação dos Açores, abertamente separatista. 

o Movimento para a Autodeterminação do Povo Açoriano, surgido em 6 de Junho de 1974. Após a revolução do 25 de Abril, em Portugal.

9 1997- A Turma N do 11.º ano da Escola Secundária Geral e Básica Padre Jerónimo Emiliano de Andrade promove no Teatro Angrense um espectáculo com a participação do Conservatório, revertendo a respectiva receita para a realização do projecto de intercâmbio com a cidade de Taranto, em Itália.

10. 1971- Encontra-se em Angra do Heroísmo o ilustre Jorgense Dr. Weber Mendonça a fim de assumir o cargo de chefe dos Serviços de Obstetrícia e Ginecologia do Hospital Regional.

11.1966- Morre em combate na Guiné... (guerra do ultramar)Manuel Vieira Ferreira, natural da freguesia de Biscoitos, concelho da Praia da Vitória.

12.1884-Existe a Escola Primária, para ambos os sexos, no Corpo Santo, em Angra do Heroísmo.

13. 1971-  O senhor Mateus Inácio Gomes completa  47 anos de Serviço Publico no Laboratório Distrital da Junta Geral do Distrito  de Angra do Heroísmo.

14. 2020- A Comissão de Festas de Santa Margarida 2020da freguesia de Porto Martins realiza um jantar de matança de porco a fim de angariar receita para as festas da Freguesia.

15. 1920- É fundada, em Ponta Delgada, Ilha de S. Miguel, a Companhia de Navegação Carregadores Açorianos.

16. 1971- Encerra no próximo dia 21 no Museu de Angra a Exposição de Desenho e Pintura de Emanuel Félix e Filomena Teixeira-Lopes .

17. 2021-Falece no Brasil D. David Dias Pimentel, Bispo Emérito da Diocese de São João da Boa Vista. D. David Dias Pimentel nasceu a 18 de Março de 1941, na Algarvia, Nordeste, Ilha de São Miguel.

18. 1900- A energia eléctrica chega à Vila franca do Campo, Ilha de São Miguel. 

19 .1955- Nasce em Angra do Heroísmo, Ilha Terceira,  Maria José de Azevedo Ferreira.

Poetisa, Escritora e Etnógrafa. É enorme a sua contribuição na divulgação da riqueza do Património Cultural do Alto Paiva, das suas gentes, usos e costumes, da terminologia regionalista, na prosa poética e no conto. Foi Fundadora do Grupo Cénico e Folclórico de Vila Cova à Coelheira. Esteve presente no processo de adesão do Grupo Folclórico Cultural e Recreativo de Vila Nova de Paiva na Federação Portuguesa de Folclore, 2004/2005, tendo sido Directora Técnica entre 1997 a2005.

20.1997- A Associação Agrícola da Ilha Terceira solicita á Câmara Municipal de Angra do Heroísmo a alteração das Touradas à Corda, a partir do dia 1 de Maio próximo, para as 18h30, por motivo de entrada em vigor da nova classificação do leite, que é mais rigorosa exigindo o melhor cumprimento dos intervalos entre as ordenhas bem como os horários de entrega do leite nos postos de recepção- de 1 de Maio a 31 de Outubro:Manhã-08:15 até às 10:00(até às 10:30 nas fábricas) Tarde-17:30 até às 19:30. De 1 de Novembro a 28/29 de Fevereiro- Manhã-08:30 até às 10:30 (até às 11:00 nas fábricas). Tarde – 17:30 até às 19:00.

21.1997- O Teatro Experimental de Angra do Heroísmo "O Outro Teatro" realiza no Teatro Angrense o espectáculo "Três Máscaras" de José Régio.

22.1835-É inaugurada na Ilha Terceira a Assembleia Angrense.

23.1930- É colocada a primeira pedra da Ermida de Nossa Senhora da Boa Viagem no Bairro do Corpo Santo, em Angra do Heroísmo.

24. 24.1971- O Mini-Max na Rua da Sé (Angra do Heroísmo) tem para venda galinha congelada a 30$00 o quilo, da criação do aviário do senhor António Luís Tavares Rebelo.

25.1952- A população da freguesia de São Brás, Ilha Terceira, celebra a passagem a Freguesia por decreto-lei de 17 de Fevereiro de 1951.

26.1609- É celebrada a primeira missa na Igreja do Convento de Nossa Senhora da Vitória, em Vila do Porto, Ilha de Santa Maria.

27.2020- O Arquipélago - Centro de Artes Contemporâneas, em São Miguel, inaugura hoje a primeira exposição nos Açores dedicada à autora portuguesa Ana Hatherly, com obras que pertencem à coleção da Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento (FLAD).

28.2021-É inaugurado  o Zenite Boutique Hotel&Spa na  Rua de Jesus, em Angra do Heroísmo.

29.1971- Encontra-se já aberto ao publico na Rua dos Minhas Terras 13-13 A , em Angra do Heroísmo, o Paraíso das Antiguidades.

30.1971- Num passeio de fim de curso encontra-se em Lisboa um grupo de 50 alunos e dois professores do Liceu de Angra do Heroísmo.

31.1996- O Sr. António Diniz Meneses Reis mais conhecido pelo o “Antoninho”da Câmara, após quarenta e cinco anos de serviço, é homenageado no Salão Nobre da Câmara Municipal de Angra do Heroísmo, num jantar oferecido pelos colegas, com a presença do Sr. Presidente e Vereadores.


Fontes: Boletim Municipal da CMAH - AnoXII -N.º. 15 Ano 1997;  Arquivos de José da Silva Maya, Álvaro de Castro Meneses, “Revista Ilha Terceira”; Boletim Municipal CMAH, Boletim do Instituto Histórico da Ilha Terceira Vol.XLIX  , “Almanaque Açores”, Jornal da Praia 30.06.2014.Garrett e a Ilha Terceira – Memorial por João Dias Afonso;Paulo de Ávila de Melo-O Império da Caridade do Corpo Santo ou Ermida de São João Baptista. Açoriano Oriental.


segunda-feira, 14 de fevereiro de 2022

CABO VERDE CONDECORA O SEU CÔNSUL NOS AÇORES


📷 Foto Gabriel

Uma delegação presidida pelo Ministro dos Negócios Estrangeiros Cooperação e Integração Regional de Cabo Verde, Rui Figueiredo Soares, que se fez acompanhar do Embaixador de Cabo Verde em Portugal Eurico Correia Monteiro, da Diretora-Geral dos Assuntos Consulares e Migrações de Cabo Verde, Embaixadora Edna Monteiro Marta e do responsável pelo Serviço de Relações Públicas e Protocolo da Embaixada em Lisboa, João Silva, deslocou-se expressamente a Angra do Heroísmo para condecorar o Cônsul Honorário da República de Cabo Verde nos Açores Jácome de Bruges Bettencourt.

O Governo de Cabo Verde aprovou a atribuição da medalha de Serviços Distintos a este açoriano, segundo despacho de 8 de fevereiro último, do gabinete do Primeiro Ministro, sob proposta do Ministro dos Negócios Estrangeiros Rui Soares “pela dedicação e empenho que colocou ao serviço de Cabo Verde ao longo dos mais de 25 anos como Cônsul desse País. No despacho, é referido que Jácome de Bruges “assumiu na plenitude as suas funções desde que o Estado de Cabo Verde decidiu abrir uma representação consular na Região Autónoma dos Açores, tornando-se uma figura popular no seio da comunidade cabo-verdiana residente nos Açores.” “Com efeito destacou-se sobretudo pelo apoio que prestou à nossa comunidade, impulsionando vivamente a sua integração. Cultivou a ligação dos cabo-verdianos ao país de origem e visitou várias vezes as ilhas de Cabo-Verde para melhor conhecer o povo e a sua cultura” e dá relevo a algumas passagens como“. São notórios os contributos de Jácome de Bruges na vida social, cultural e desportiva dos cabo-verdianos nos Açores. Foi um ator ativo no recenseamento eleitoral dos cabo-verdianos e grande promotor da regularização da comunidade naquele arquipélago. Refere ainda “Jácome de Bruges, enquanto cônsul honorário, prestou um serviço extraordinário na integração dos cabo-verdianos nos Açores e no reforço das relações entre Cabo-Verde e Açores”.

Aliás, durante o desempenho das suas funções já merecera homenagens públicas, como em novembro de 2016 pela Associação dos Imigrantes nos Açores.

Esta grande homenagem de que agora foi alvo o primeiro Cônsul de Cabo Verde nos Açores, teve lugar no Salão Nobre dos Paços do Concelho de Angra do Heroísmo, no dia 10 de fevereiro de2022, pelas 10 horas, contando ampla assistência, como o Presidente do Município Angrense, J.G. Álamo Meneses e toda a Vereação, Representante do Governo Regional dos Açores, Subsecretário Regional da Presidência, Pedro de Faria e Castro, Presidente da Assembleia Municipal, Domingos Cunha, Diretor Regional das Comunidades José Andrade, Diretora Regional da Educação, Nídia Lopes Inácio, Subdiretora Regional da Cultura Sandra Garcia, Vice-Presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória, Ricky Batista, Provedores das Misericórdias de Angra e Praia, respetivamente António Bento Barcelos e Francisco Jorge Ferreira, Vice Presidente da Direção da Associação dos Imigrantes nos Açores Leoter Viegas e dezenas de Amigos do laureado, bem como os familiares mais chegados.


📷 Foto Gabriel

Durante a cerimónia, que diga-se teve um brilho excecional, usaram da palavra o poeta António Neves, com um testemunho cabo-verdiano e Jorge Bruno com testemunho de outro utente consular e amigo de há muitos anos, ambos felizes e ricos nos dotes oratórios bem como, o Embaixador Eurico Monteiro e o Ministro Rui Soares que puseram em evidência o trabalho realizado pelo homenageado, não fossem eles, como demonstraram, conhecedores do seu currículo e a finalizar o ato da imposição da condecoração pelo Ministro dos Negócios Estrangeiros.

Jácome de Bruges Bettencourt, agradeceu comovido com palavras simples e sinceras, fazendo um breve historial das relações que vem existindo entre açorianos e cabo-verdianos, sobretudo desde os tempos da baleação nas barcas americanas, até hoje.  É de recordar que alguns açorianos da baleação, na centúria de mil e oitocentos, que foram tripulantes de barcas dos E.U.A., companheiros de viagem de cabo-verdianos, acabaram por se fixar em ilhas como São Vicente, Santo Antão, Fogo e Brava, deixando aí descendência, como o caso do trisavô nascido na Praia da Graciosa (Açores), do antigo embaixador de Cabo Verde no Brasil, Daniel Augusto Pereira, considerado pela sua obra um dos mais notáveis historiadores do País. Evidentemente que recordou figuras cabo-verdianas como Manuel Lopes (1907-1989), do Movimento Cultural “Claridade” que viveu quase 11 anos, entre 1944/1955, no Faial, onde escreveu parte de alguns dos seus livros e colaborou em jornais açorianos (até deu a provar aí o grogue), Eduardo Augusto de Castro (1920-2001), protésico-dentista com notoriedade, na Praia da Vitória, chegado à Terceira como clandestino num navio grego, em 1951. Henrique Sena Ben-David (1926-1978), futebolista, arribado a S. Miguel para treinar o Santa Clara em 1957 e a cantora Justina Silva, Dona DjutaBen-David (1929-2015) que podia ombrear em mornas com Cesária Évora, Mário Herberto de Almeida Fonseca (1942-1998), aportado à Terceira em 1962, como enfermeiro militar do Hospital da Terra-Chã e que em 1972 passou a profissional competentíssimo no Centro de Saúde da Praia da Vitória sendo homenageado postumamente pelo Município. Outro nome será o de Inês Pereira Furtado – Dona Néné que chega à Terceira em 1980, no pós sismo, com mais 226 cabo-verdianos que vieram reconstruir o parque habitacional terceirense, contratados pelo empreiteiro Emídio Soares. Hoje é empresária, tendo desenvolvido várias campanhas de solidariedade para o envio de contentores para Cabo Verde destinados ao apoio de necessitados com vários artigos além de roupas, em ações de louvar. D. Néné é mãe do célebre Eliseu Santos.

Sabemos paralelamente que, Jácome de Bruges Bettencourt no dia da homenagem, à hora do almoço recebeu um telefonema do Presidente da República de Cabo Verde, pelo telemóvel do Ministro Rui Soares, que o passou ao Cônsul, em que José Maria Pereira Neves se associa a esse ato com um grande abraço. Na mesma ocasião é-lhe enviada uma mensagem via e-mail do Representante da República para a Região Autónoma dos Açores, embaixador Pedro Catarino, na altura ausente em Lisboa, em que refere que ao ter conhecimento que o Cônsul Honorário de Cabo Verde está em vias de cessar funções, não podia deixar de o felicitar vivamente pelo excelente trabalho desenvolvido ao longo de 25 anos junto da Comunidade Cabo-Verdiana, contribuindo e impulsionando a sua integração na Região Autónoma dos Açores. Considera o seu trabalho de apoio aos cidadãos de Cabo Verde digno dos maiores encómios, pelo que é de inteira justiça a sua condecoração com a Medalha de Serviços Distintos com que foi agraciado pelo Governo de Cabo Verde. Recebeu mais de vinte mensagens de amigos de há imensos anos, vindas do Continente, E.U.A. e Canadá, cujos textos deixam aperceber o quanto foi apreciada a sua ação, como o manifestado por exemplo numa felicitação do Coronel, Manuel Lamas de Mendonça “tudo isso vem apenas comprovar as tuas qualidades de autêntico diplomata. Espírito de Serviço que usaste durante toda a tua vida pública, e no relacionamento interpessoal, em prol da nossa Pátria, em todas as circunstâncias, mantendo a isenção, independência e capacidade conciliatória que apenas um homem com o teu curriculum, e características pessoais, poderia manter. Como seguramente terás presente, o teu exemplo, e os reconhecimentos públicos que foste granjeando, derramam-se tangencialmente sobre toda uma geração de Açorianos que tiveram ensejo de cumprir o melhor que souberam e puderam, serviço à Região Autónoma dos Açores”. Outra mensagem demonstrativa do quanto a sua figura é querida e estimada por todos aqueles com quem trabalhou ao longo de tantos anos, foi a deixada por Leoter Viegas, Vice-Presidente da Associação dos Imigrantes nos Açores e as suas funcionárias, que há tantos anos têm um acordo de cooperação com o Consulado.

Maria João Afonso Galvão Teles, enviou o texto que foi lido no início da cerimónia, vindo de Cascais: “A muitos quilómetros de distância e com muita pena de não poder estar presente, não quero deixar de me associar à justíssima homenagem que a República de Cabo Verde lhe presta hoje. É uma honra para os Terceirenses e Açorianos em geral, ter um filho da terra que se soube distinguir em profícuo trabalho em prol de quem escolheu os Açores como terra de adoção. Bem-haja pela sua meritória ação ao longo de tantos anos”. 

Brevemente tomará posse o novo Cônsul Honorário de Cabo Verde nos Açores, em cerimónia presidida pelo Embaixador Eurico Monteiro, provavelmente em finais de abril próximo.


G. Soares

Angra, 14 fevereiro de 2022