segunda-feira, 21 de janeiro de 2008

UMA VIRADA NOS BISCOITOS (AÇORES)

Cerca de alqueire e meio (0,14 ha) de curraletas, abandonadas há 30 anos e repletos de Pittosporum Undulatum (incenso) e Myrica Faya (faia da terra), foram adquiridos pela Casa Agrícola Brum Lda. No ano de 1998 reconstituíram-se as curraletas com uma virada (surriba), por um pequeno grupo de trabalhadores superiormente orientados. O machado, a barra de ferro, o malho de pedreiro, as cunhas de ferro, o alvião e o cesto das "viradas" foram instrumentos indispensáveis.
A reconstituição da curraletas em solos de grande pedregosidade (biscoitos), dificulta a virada. Este trabalho (talvez o último a ser efectuado na Zona Vitivinícola dos Biscoitos) era feito de Inverno. A cava variava entre os 0,60 cm e 1 metro, o que nem sempre era possível por não garantir um "palmo de terra"devido aos afloramentos de basalto.
Nos Biscoitos, os solos são cobertos com uma calçada de biscoito, numa espessura variável entre os 29 e 50 cm, consoante a quantidade da pedra. Nesta calçada abrem-se (covas, covachos ou caldeira) com um diâmetro de cerca de 50 cm. cada curraleta tem 6 a 10 covas.
Depois do nivelamento da calçada da vinha são colocados pequenos montes de pedras (um pouco maiores das da calçada), com a finalidade de baixar as varas da videira após as podas(Fevereiro/Março) e por altura do pintor para levantar a vara que contém o cacho ou cachos se uvas. As paredes divisórias (travessas) são de pedra solta. Esta virada, que ocupou o equivalente a 315 dias de um homem de trabalho, teve honras de uma reportagem para uma Televisão da Alemanha...

Fonte: Boletim da Confraria do Vinho Verdelho dos Biscoitos-Ilha Terceira- Açores. Ano V nº5 2000.página 32.
Fotos: Do Museu do Vinho dos Biscoitos da Casa Agrícola Brum Lda.


Freguesia dos Biscoitos- Ilha Terceira - Açores

Virada numa vinha dos Biscoitos (ilha Terceira)

1 comentário:

gj_mendes disse...

Gostei muito das fotos e do assunto da virada, do qual só tinha escutado referencias orais.
Obrigado pela partilha.

G_Mendes