segunda-feira, 12 de fevereiro de 2018

Compilação da imprensa (72)


O Bispado dos Açores estará na origem da rivalidade Terceira / S. Miguel


No Boletim C.M.A.H. 1994


Outras "Parras" :

Planta da Freguesia dos Biscoitos (ano 1830) aqui

Plantas Vasculares nas Vinhas dos Biscoitos (ano 1971) aqui.

"A vinha perde-se e a população nada ganha" (ano 1994) aqui.

"Região de Biscoitos, nos Açores - Casas em vez de vinhas" - Santos Mota (ano 1994) - aqui.

"Biscoitos: que futuro? "-José Aurélio Almeida (ano 1996) - aqui.

"As Vinha dos Biscoitos" -Bailinho de Carnaval da Freguesia das Fontinhas. (ano 1997) aqui.

Pisa e Mosto (1997) aqui

Sinónimos- Casta Terrantez da Terceira -Aqui

"Uma virada nos Biscoitos"(Açores)- (ano 1998) aqui.

O viticultor açoriano está envelhecido (ano 1998/99) aqui

“Provedor de Justiça dá razão à Confraria” (ano 1999) aqui.

“Museologia de Interpretação da Paisagem Ecomuseu dos Biscoitos, da ilha Terceira” - por Fernando Santos Pessoa (ano de 2001) aqui.

"Carta de risco geológico da Terceira" (ano ano 2001) aqui.

"Paisagem Báquica - Memória e Identidade" - Aurora Carapinha (ano 2001) aqui.

“A Paisagem Açoriana dos Biscoitos” - por Gonçalo Ribeiro Telles (ano 2002) aqui.

"Fadiga sensorial" (ano 2007) aqui.

"Defender curraletas!" (ano 2007) aqui.

"Tutores" (ano 2007) aqui.

"Rememorando as origens dos Biscoitos nos séculos XV e XVI"- por Rute Dias Gregório (ano 2008) aquiaqui e aqui.

“A Vinha, o Vinho dos Biscoitos e o Turismo” - por Margarida Pessoa Pires (ano 2009) aqui.


"O Aditivo"- por Francisco dos Reis Maduro-Dias -ano de 2009 Aqui

A Casa Agrícola Brum tem nova administração - ANO de 2010 AQUI

Biscoitos de Lava para os “sete magníficos” (ano 2011) aqui

"Acerca do vinho" -por Francisco Maduro-Dias (ano 2011) Aqui

Sócios da associação de viticultores da ilha Terceira -  Adega Cooperativa dos Biscoitos C.R.L.- não recebem há mais de 6 anos- Ano de 2011 - Video RTP  Aqui

Produtores engarrafadores e produção de vinho nos Biscoitos em 2012-  Aqui

Produção de vinho nos Biscoitos em 2015 - Aqui

Garrafa Comemorativa do 125.º Aniversário da Casa Agrícola Brum - 2015 - Video Aqui

sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

Novo Chanceler da Ordem de NªSrª da Conceição de Vila Viçosa é açoriano

Fotógrafo/Carlos Portulez Ruiz

João Amândio Teixeira Goulart de Bettencourt, nascido em 1945, na Vila das Velas, ilha de São Jorge (onde ainda mantém a casa de família), filho de João Goulart de Bettencourt e de D. Maria Dulce de Oliveira Teixeira (ambos licenciados em Direito), é o novo Chanceler da Real Ordem de Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa. Licenciado em Direito e advogado, ocupa desde 1967, lugares de grande destaque profissional.

Em 1978, foi nomeado Adjunto do Ministro de Administração Interna, Coronel António Gonçalves Ribeiro, como responsável pelos assuntos relativos às Forças de Segurança e Serviços de Estrangeiros. Funções exercidas nos governos presididos pelo Eng. Nobre da Costa e Prof. Doutor Mota Pinto.

Em 1979, foi nomeado Chefe de Gabinete do Secretário de Estado das Indústrias Extrativas e Transformadoras, Eng. Joaquim Vieira do Amaral. Funções exercidas durante o governo da Engª. Maria de Lurdes Pintassilgo.

Em 1980, foi nomeado Chefe de Gabinete, do Ministro do Trabalho, Dr. Eusébio Marques de Carvalho, durante o governo do Dr. Francisco Sá Carneiro, funções que exerceu até à sua nomeação pelo Primeiro-Ministro, como Vice-Comissário Geral da XVII Exposição do Conselho da Europa de Arte, Ciência e Cultura, subordinada ao tema “Os Descobrimentos Portugueses e a Europa do Renascimento”.

Em 1984, foi nomeado Chefe de Gabinete, do Ministro do Comércio e do Turismo, Eng. Joaquim Ferreira do Amaral, durante o governo do Dr. Mário Soares.

Em 1985, foi nomeado vogal da Comissão para o combate ao contrabando de gado e carne, a qual integrava um representante do Ministro da Justiça que era presidida por um representante do Ministro da Agricultura.

Em 1986, ingressa no IFADAP, presidindo à Comissão “Ad Hoc” para a reorganização do Instituto Financeiro de Apoio ao Desenvolvimento da Agricultura e Pescas, sendo depois nomeado Diretor da Direção dos Regulamentos Comunitários (FEOGA).

Em 1987, nomeado Chefe de Gabinete do Ministro do Comércio e Turismo, Eng. Joaquim Ferreira do Amaral, durante o governo do Prof. Doutor Aníbal Cavaco Silva e em 1990, volta a ser nomeado Chefe de Gabinete do Ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, Eng. Joaquim Ferreira do Amaral, novamente, durante o segundo governo do Prof. Doutor A. Cavaco Silva e é representante do Ministro no Comissariado da EXPO 98. Simultaneamente preside à Assembleia Geral da Empresa PARQUE EXPO.

Em 1996, regressa às suas funções de Diretor no IFADAP.

Em 2003, é nomeado administrador da empresa TMN, entre outros cargos.

Ao longo da sua vida, teve sempre uma atividade política bastante ativa, pelo que destacamos, a de Membro Fundador do movimento “Renovação Portuguesa” (1972). Fundador e membro da Direção por vários anos do PPM (Partido Popular Monárquico) e candidato pelo PPM à Assembleia Constituinte da República Portuguesa. Aliás, em 1962, ingressa na Causa Monárquica em Coimbra, como vogal da Direção Académica presidida por José Luís Nogueira de Brito. Em 1964, foi Vogal da Comissão Cultural da Associação Académica de Coimbra e Diretor dos jornais “Via Latina” e “Orfeon Académico de Coimbra”. Em 1965, Vogal da Comissão Organizadora das comemorações do Cinquentenário do “Orpheu”, que decorreram em Coimbra sob os auspícios da sua Universidade. Não esquecendo, que iniciou o seu curso, nessa mesma universidade, embora a conclusão dessa licenciatura, fosse na de Lisboa.

A sua colaboração literária e jornalística, espalha-se por mais de duas dezenas de jornais e periódicos, bem assim, na Antologia da Poesia Açoriana (Sá da Costa) e na Antologia do Conto Açoriano (Vega).

É sócio de várias instituições de índole cultural, de que destacamos, o Instituto Histórico da Ilha Terceira e possui inúmeros louvores, e condecorações, como Comendador da Ordem do Infante D. Henrique, Grande Oficial da Ordem Equestre do Santo Sepulcro de Jerusalém, Grande Oficial da Ordem de Orange e Nassau, Comendador da Ordem de Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa, Grã-Cruz da Ordem Internacional de Santo Huberto, entre outras.

O anúncio da nomeação de João Goulart Bettencourt, para suceder ao Conde de Estarreja, que pedira a sua substituição, foi feito no dia 6 deste mês, durante as comemorações dos 200 anos desta Ordem Dinástica, feito por Sua Alteza Real, o Senhor Dom Duarte, Duque de Bragança, legítimo representante dos Reis de Portugal.

Ao longo da existência da O.N.S.C.V.V. receberam esta venera muitos açorianos, como o Morgado José Borges Leal Corte-Real e o 2º Conde da Praia da Vitória e 2º Visconde de Bruges, Jácome de Ornelas Bruges. Na atualidade, conta como seus dignitários, além de João Goulart Bettencourt, o cónego João Maria Mendes, cónego Francisco Dolores Borges de Medeiros e Jácome de Bruges Bettencourt. J.B.B.

terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

CAUTELAS - Provérbios e Pensamentos


- "Pequenas cautelas evitam grandes males, previnem grandes crimes e conservam grandes virtudes."

-"Homem/mulher prevenido/a, vale por dois"

- "Devemos tratar as mulheres/homens com as mesmas cautelas, com que se colhem as rosas."

- "A grande cautela não causa dano".

- "Cautela e caldos de galinha, nunca fizeram mal a ninguém".

- "Acautelai-vos do louco quando com ele brincardes, do sabio quando o irritardes, do generoso quando o tiverdes despresado, e do mau quando com ele houverdes tido amizade."

-"À cautela receite água do chafariz do Alto das Covas" (em Angra do Heroísmo).

quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

EFEMÉRIDES AÇORIANAS - FEVEREIRO (10)

Lisboa- 18/03/2000- 10.º Aniversário da Colegiada dos Enófilos de S. Vicente.
Da esquerda: Paulo Damásio (Confraria do Vinho Verde), Irene Ataíde (CVVB), João Carvalho Ghira (CESV) Luís Brum (CVVB) e Maria João Fernão-Pires (CESV)

1.1975- A Comissão Administrativa da Câmara Municipal de Ponta Delgada delibera por unanimidade que o Matadouro passe para a J.N.P.P. – Junta Nacional dos Produtos Pecuários. 

2.2015- A Casa Agrícola Brum completa 125 anos de existência e o seu Museu do Vinho 25 anos.

3.1976- A Vila Santa Cruz da ilha Graciosa é atingida por fortes inundações.

4.2017- Sai do prelo uma nova publicação do Instituto Açoriano de Cultura, intitulada "As Casas de Câmara e Cadeia nos Açores (séculos XV-XVIII)", da autoria de Mateus Laranjeira.

5.1975- Coneçam as obras para a sede dos Serviços Sociais da Junta Geral, à Rua João de Deus (Ladeira de São Francisco, em Angra do Heroísmo), sendo o seu custo inicial superior a 120 contos.

6.1948- A Associação Portuguesa e Beneficente de Hanford, Califórnia faz ao Asilo de Infância Desvalida, de Angra do Heroísmo, por intermédio do Sr. José M. de Sousa, residente naquela cidade dos EUA, um donativo de 55 dólares, que produziram 1.309$70 recebidos da Filial do Banco Nacional Ultramarino.

7.1840- Vinda de Lisboa a escuna portuguesa Tarujo & Filhos entra no porto da Horta.

8.1948- São lidados, na Praça de Toiros de S. João , em Angra do Heroísmo, oito bravíssimos garraios puros, pertencentes ao sr. Rebolo, da freguesia da Ribeirinha, pelo grupo tauromáquico do Liceu de Angra.

9. 2000- Decorre em Bruxelas uma exposição de vinhos portugueses denominada por “ Os Vinhos Portugueses estão prontos a conquistar o 3.º milénio”. Uma iniciativa da Ordem dos companheiros de S. Vicente, um Confraria portuguesa com sede em Bruxelas. A Confraria do Vinho de Verdelho dos Biscoitos colaborou com esta iniciativa, enviando a expensas suas, várias garrafas de vinho dos produtores engarrafadores: Casa Agrícola Brum (VLQPRD Brum e Chico Maria); e José M. Mendonça (Pedras do Lobo).

10.2015- A Assembleia Legislativa dos Açores aprova, por unanimidade, um voto de congratulação/saudação, proposto pelo deputado do PS Nuno Meneses, pelos 125 anos da Casa Agrícola Brum o qual “deve ser dado conhecimento formal à Câmara e Assembleia Municipal da Praia da Vitória, à Junta e Assembleia de Freguesia dos Biscoitos e à Família Brum. A Casa Agrícola Brum, fundada em 1890 afirmou-se desde sempre como uma produtora vitícola e assume-se hoje, não só como uma marca de referência na Ilha Terceira e nos Açores, mas também como um agente importante na defesa da qualidade no sector. Se o vinho do Pico foi o dos Czares, o dos Biscoitos, no séc. XVI, foi o vinho das Caravelas da rota das Índias e das Especiarias. Entre os produtos essenciais ao abastecimento das armadas figurava o vinho “Verdelho”. Nessa época, e ainda hoje, a maior mancha de biscoito na ilha Terceira, fica na freguesia dos Biscoitos, na tradicional paisagem de produção de vinho, actualmente Região Demarcada.” In “Correio dos Açores”.

11.2017- Abre a Exposição de dinossauros na BPARAH - Biblioteca Pública e Arquivo Regional , em parceria com o MAH- Museu de Angra do Heroísmo.

12.2017- A Casa Agrícola Brum apresenta o BRUM a centésima oitava colheita.

13.1995- Decorre no átrio superior dos Paços do Concelho de Angra do Heroísmo a exposição de fotografias de Karl-Heinz Raach e Mário Duarte. Durante o evento é apresentado o livro AZORES, das edições BLU, com texto de Álamo de Oliveira.

14.1877- Sai mais uma publicação da Lithographia Angrense, Rua de Jesus, 10, em Angra do Heroísmo.

15. 2017- No ano transacto  o Museu do Vinho (polo do Museu do Pico) na vila da Madalena teve 10.531 visitantes.

16.1976- É nomeado director-adjunto da Fundação Inter-América Latina e Antilhas o faialense dr. António David Gomes. 

17.2016- Convocada pela Federação Portuguesa de Ténis de Mesa, as atletas do Grupo Desportivo Centro Social do Juncal, ilha Terceira, participam em França ,Metz, no Open de França.

18.2017- Realiza-se na Escola Profissional da Praia da Vitória um Jantar Solidário de Carnaval, uma iniciativa da Fundação de Ensino da Praia da Vitória e dos “Amigos da Pediatria da Ilha Terceira” .

19.1975- O n/m Cedros descarrega em Angra 1.200 toneladas de mercadoria- incluindo 200 de pedra de cal, 25 de milho, 225 de adubo, 15 automóveis e um monta cargas. Carrega 90 cabeças de gado, 45 de sucata, 20 mil quilos de leite em pó e 1.426 cartões de conserva.

20. 2016- A atletas Ana Rita Costa, Luís Miguel Maciel, Mafalda Andrade e Vitória Santos do Grupo Desportivo Centro Social do Juncal, ilha Terceira, participam no Torneio de Vila Real, Categoria A, pontuável para o “Ranking” Nacional.

21. 2016- No ano transacto entraram no Museu do Vinho dos Biscoitos da Casa Agrícola Brum, freguesia dos Biscoitos - Ilha Terceira, mais de 21.000 visitantes.

22.- 1832- D. Pedro chega a Ponta Delgada onde muitos liberais o aguardam.

23.1857- Fazem-se nos arredores de  Angra experiências da cultura do sorgo e destilação da planta, dando bom resultado. A garapa fermentada produziu na razão de 10% uma aguardente entre 18º e 22º Cartier. A tentativa de fabricação de açúcar malogrou-se . O produto não chegou a ser cristalizar, obtendo-se apenas um xarope de excelente sabor e qualidade.

24.1975- Navio cargueiro norte americano encalha na costa da Bretanha, ilha de S. Miguel, quando rumava para Ponta Delgada a fim de deixar um tripulante doente.

25.1944- Desde Outubro de 1943 das operações nos Açores pelo Grupo de Esquadrilhas n. 247, já são 13 os submarinos atacados, dois dos quais afundados.

26.1921- Nasce na freguesia dos Biscoitos António Simas de Almeida. Comerciante, fotógrafo amador, agricultor/viticultor e criador de gado bravo.

27 . 2017- O mar com forte ondelação provoca danos na ilha do Pico,provocando estragos  no premiado "Cella Bar", galardoado pela plataforma digital 'Archdaily' com o Prémio Edifício do Ano 2016.

28.2017- O Secretário Regional dos Transportes e Obras Públicas, Vítor Fraga, reúne-se, na Vila da Madalena, ilha do Pico, com o Conselho de Administração da Portos dos Açores.

Fonte: Arquivos de José da Silva Maya, Álvaro de Castro Meneses, “Revista Ilha Terceira” e “Almanaque Açores”.