segunda-feira, 15 de maio de 2017

Compilação da imprensa (63)

Anteriores Aqui

A 2 de Agosto, no Pico

Concurso de vinhos 
com provas cegas
No Diário Insular de 29 de Julho de 2003

Clicar na imagem para melhor ler

Outras "Parras" :

Planta da Freguesia dos Biscoitos (ano 1830) aqui

Plantas Vasculares nas Vinhas dos Biscoitos (ano 1971) aqui.

"A vinha perde-se e a população nada ganha" (ano 1994) aqui.

"Região de Biscoitos, nos Açores - Casas em vez de vinhas" - Santos Mota (ano 1994) - aqui.

"Biscoitos: que futuro? "-José Aurélio Almeida (ano 1996) - aqui.

"As Vinha dos Biscoitos" -Bailinho de Carnaval da Freguesia das Fontinhas. (ano 1997) aqui.

Pisa e Mosto (1997) aqui

Sinónimos- Casta Terrantez da Terceira -Aqui

"Uma virada nos Biscoitos"(Açores)- (ano 1998) aqui.

O viticultor açoriano está envelhecido (ano 1998/99) aqui

“Provedor de Justiça dá razão à Confraria” (ano 1999) aqui.

“Museologia de Interpretação da Paisagem Ecomuseu dos Biscoitos, da ilha Terceira” - por Fernando Santos Pessoa (ano de 2001) aqui.

"Carta de risco geológico da Terceira" (ano ano 2001) aqui.

"Paisagem Báquica - Memória e Identidade" - Aurora Carapinha (ano 2001) aqui.

“A Paisagem Açoriana dos Biscoitos” - por Gonçalo Ribeiro Telles (ano 2002) aqui.

"Fadiga sensorial" (ano 2007) aqui.

"Defender curraletas!" (ano 2007) aqui.

"Tutores" (ano 2007) aqui.

A Casa Agrícola Brum tem nova administração - ANO de 2007 AQUI

"Rememorando as origens dos Biscoitos nos séculos XV e XVI"- por Rute Dias Gregório (ano 2008) aquiaqui e aqui.

“A Vinha, o Vinho dos Biscoitos e o Turismo” - por Margarida Pessoa Pires (ano 2009) aqui.

"O Aditivo"- por Francisco dos Reis Maduro-Dias -ano de 2009 Aqui

Biscoitos de Lava para os “sete magníficos” (ano 2011) aqui

"Acerca do vinho" -por Francisco Maduro-Dias (ano 2011) Aqui

Sócios da associação de viticultores da ilha Terceira -  Adega Cooperativa dos Biscoitos C.R.L.- não recebem há mais de 6 anos- Ano de 2011 - Video RTP  Aqui

Produtores engarrafadores e produção de vinho nos Biscoitos em 2012-  Aqui

Produção de vinho nos Biscoitos em 2015 - Aqui

Garrafa Comemorativa do 125.º Aniversário da Casa Agrícola Brum - 2015 - Video Aqui

segunda-feira, 1 de maio de 2017

EFEMÉRIDES AÇORIANAS - MAIO (9)

Gravura /reclame da Casa de Utilidades em Angra do Heroísmo


1. 1944- A Casa de Utilidades de Manuel Magalhães à rua da República (Rua da Sé) 57, em Angra do Heroísmo, recebe material escolar.

2.2009- É servido um biscoito d' honra no 9.º Encontro de Química dos Alimentos, uma organização do Centro de Investigação em Tecnologias Agrárias dos Açores, em associação com a Sociedade Portuguesa de Química.

3.1894- É inaugurada em Angra do Heroísmo a Praça de Toiros Espírito Santo, à Pereira.

4.1966- É aberto o Cine Popular na Fajã de Cima, ilha de S. Miguel,

5.1975- O Ministério do Equipamento Social e Ambiente atribui verbas no montante de 15.000 contos, como primeiros subsídios a fim de resolver problemas habitacionais em Ponta Delgada e Rabo de Peixe, na ilha de São Miguel.

6.1976- São roubadas oitenta dúzias de foguetes do paiol de um fogueteiro da freguesia de S. Bartolomeu, concelho de Angra do Heroísmo.

7.1867- É fundada na Vila Franca do Campo, ilha de S. Miguel, a Filarmónica Lealdade.

8.1983- Realiza-se em Ontário, Canadá, solenidades em louvor do Senhor Santo Cristo dos Milagres na Igreja de Santa Maria. Participaram na procissão mais de 40 mil Açorianos, muitos vindos dos estados Unidos da América. O vespertino The Toronto Star destaca esta festividade há muito trazida por micaelenses.

9. 1971-É Sagrada, pelo Bispo da Diocese d’Angra, a Igreja Paroquial da Freguesia de S. Bartolomeu dos Regatos, concelho de Angra do Heroísmo.

10.2010- Decorre na zona interativa do Modelo de Angra do Heroísmo a “Feira Açores ’10”.

11.1979- A PSP- Policia de Segurança Pública de Angra do Heroísmo durante a sua festa anual destaca treze agentes da Corporação angrense, com a medalha de Ouro de Comportamento Exemplar, correspondente a 36 anos de serviço efectivo, sem qualquer espécie de averbamento disciplinar nas respectivas folhas cronológicas.

12. 2007- Falece em Angra do Heroísmo o Açoriano Ricardo Jorge Mendes da Rosa.


14.1845-É estabelecido por decreto que a largura das rodas dos carros seja de duas polegadas, mas as Ilhas dos açores não acatem semelhante disposição. AS Câmaras da Praia e de S. Sebastião (ilha Terceira) continuam a permitir o uso das chapas de rodas de carros estreitas com pregos pontiagudos, de cinco e mais centímetros de altura. As rodas continuam a formar um todo móvel, à romana, como os do Minho.


16.1904- Tem início a distribuição quotidiana do serviço postal a todas as freguesias da Ilha Terceira.

17.1976. Dois escritores picoenses, Dias de Melo e José Martins Garcia autografam na Casa dos açores em lisboa os seus recentes livros respectivamente Mar Pela Proa e o livro Cultura, Politica e Informação.

18.1858- Nasce na Horta Florêncio José Terra “Florêncio Terra”. Professor, contista, escritor e jornalista.

19.1976- Encontra-se na ilha das Flores o Padre Victor Feitor Pinto, director do secretariado Nacional para a Educação Cristã da Juventude, a fim de orientar trabalhos de ordem pastoral naquela ilha com sacerdotes locais e leigos.

20.1983- Falece no Hospital de Santo Espirito em Angra do Heroísmo o engenheiro António Francisco Resendes, natural do Faial da Terra, ilha de S. Miguel. 

21.1976- A Câmara Municipal de santa Cruz das Flores é autorizada a utilizar a verba de 150 mil escudos, atrinbuida pela Junta Regional para aquisição de contadores de água e reparações da rede de abastecimento de água à sede do concelho.

22. 1995- A “oficina d’Angra” está presente no Simpósio Internacional Multimédia na cidade da Horta, através dos seus associados e dirigentes José Pereira, Renato Costa e Silva, José Guilherme Rocha e Silva e João Miguel Borba.

23.1965- Falece em Angra do Heroísmo Tomás Borba ilustre terceirense que marcou posição relevante como comerciante e aficionado da festa dos toiros, tendo fundado a sua ganadaria no ano de 1938, com vacas de Francisco Vitorino e um semental co o ferro de Emílio Infante da Câmara, vendendo-o mais tarde ao criador José Albino Fernandes. 


25.1976- De acordo com o plano de cooperação da Universidade de Rhode Island e do Instituto Universitário dos Açores está nos Açores a Prof. Filomena Silva, do programa bilingue daquela instituição, que durante dois meses irá orientar um curso extra curricular do IUA de ensino prático de língua inglesa.

26.1956- É inaugurado na ilha Graciosa o Farol do Carapacho.


28. 1992- É inaugurado o Centro de Formação Profissional Agrária da Vinha Brava (Angra do Heroísmo) pelo Primeiro-ministro Prof. Aníbal Cavaco Silva.

29.1980- O Chefe de estado, general Ramalho Eanes por decreto n.º 34/80 inserto no “Diário do Governo” n. 124-1.ª Série desta data, agracia o Regimento de Infantaria de Angra do Heroísmo com a medalha de Ouro de serviços Distintos, com base em expressivo louvor, premiando assim a nobilitante e pronta acção desenvolvida por esta Unidade em auxílio e assistência às vítimas do sismo de 1 de Janeiro de 1980.

30.1976- Encontra-se a estagiar no Laboratório de Mineralogia do Instituto Superior Técnico , em Lisboa, o Eng.º Mário San Bento Meneses, contratado pela Junta Geral de Ponta Delgada, como geoquímico do Instituto de Geociências dos Açores para o projecto geotérmico da ilha de S. Miguel.

31. Começa a funcionar na cidade da Horta o Museu de Arte Sacra, instalado na Igreja de N.ª S.ª do Rosário – antigo Convento de São Francisco).

Fonte: Arquivos de José da Silva Maya, Álvaro de Castro Meneses, “Revista Ilha Terceira” e “Almanaque Açores”.

segunda-feira, 17 de abril de 2017

Compilação da imprensa (62)

Os anteriores aqui
NOVO VINHO NO MERCADO

"BRUM" - UM LICOROSO TERCEIRENSE DE EXCEÇÃO

No Jornal da Praia de 2017/03/17
        

Casa Agrícola Brum com nova administração - 2007- 
Aqui

Garrafa Comemorativa do 125.º Aniversário da Casa Agrícola Brum - 2015 - Vídeo Aqui

Última Hora - Apareceu o irmão do Brum certificado - Aqui

Rótulo -Aqui



Outras "Parras" :

Planta da Freguesia dos Biscoitos (ano 1830) aqui

Plantas Vasculares nas Vinhas dos Biscoitos (ano 1971) aqui.

"A vinha perde-se e a população nada ganha" (ano 1994) aqui.

"Região de Biscoitos, nos Açores - Casas em vez de vinhas" - Santos Mota (ano 1994) - aqui.

"Biscoitos: que futuro? "-José Aurélio Almeida (ano 1996) - aqui.

"As Vinha dos Biscoitos" -Bailinho de Carnaval da Freguesia das Fontinhas. (ano 1997) aqui.

Pisa e Mosto (1997) aqui

Sinónimos- Casta Terrantez da Terceira -Aqui

"Uma virada nos Biscoitos"(Açores)- (ano 1998) aqui.

O viticultor açoriano está envelhecido (ano 1998/99) aqui

“Provedor de Justiça dá razão à Confraria” (ano 1999) aqui.

“Museologia de Interpretação da Paisagem Ecomuseu dos Biscoitos, da ilha Terceira” - por Fernando Santos Pessoa (ano de 2001) aqui.

"Carta de risco geológico da Terceira" (ano ano 2001) aqui.

"Paisagem Báquica - Memória e Identidade" - Aurora Carapinha (ano 2001) aqui.

“A Paisagem Açoriana dos Biscoitos” - por Gonçalo Ribeiro Telles (ano 2002) aqui.

"Fadiga sensorial" (ano 2007) aqui.

"Defender curraletas!" (ano 2007) aqui.

"Tutores" (ano 2007) aqui.

A Casa Agrícola Brum tem nova administração - ANO de 2007 AQUI

"Rememorando as origens dos Biscoitos nos séculos XV e XVI"- por Rute Dias Gregório (ano 2008) aquiaqui e aqui.

“A Vinha, o Vinho dos Biscoitos e o Turismo” - por Margarida Pessoa Pires (ano 2009) aqui.

"O Aditivo"- por Francisco dos Reis Maduro-Dias -ano de 2009 Aqui

Biscoitos de Lava para os “sete magníficos” (ano 2011) aqui

"Acerca do vinho" -por Francisco Maduro-Dias (ano 2011) Aqui

Sócios da associação de viticultores da ilha Terceira -  Adega Cooperativa dos Biscoitos C.R.L.- não recebem há mais de 6 anos- Ano de 2011 - Video RTP  Aqui

Produtores engarrafadores e produção de vinho nos Biscoitos em 2012-  Aqui

Produção de vinho nos Biscoitos em 2015 - Aqui

Garrafa Comemorativa do 125.º Aniversário da Casa Agrícola Brum - 2015 - Video Aqui

sábado, 1 de abril de 2017

EFEMÉRIDES AÇORIANAS- ABRIL (9)



Ilha Terceira – (1 de Setembro) - 1960s - Cabouco do Cume. Ferra de gado da Casa Agrícola Brum. Fernando Linhares Brum à conversa com António Simas de Almeida.

1.1941- O antigo Convento da Graça em Angra do Heroísmo volta a ser quartel de tropas, nomeadamente do Batalhão de Infantaria n.º 10. Oriundo de Aveiro, do Batalhão de Infantaria 77, cujos quadros eram do continente e da 1.ª companhia Expedicionária do R. I. n.1 do Porto.

2.1974- São reconduzidos, por alvará do Governador do Distrito, o Presidente e Vice-Presidente da Câmara Municipal de Santa Cruz da ilha Graciosa, respectivamente Valquírio Bettencourt da Costa Louro e Hildeberto José Barbosa Santos.

3-1971-Estão concluídos os trabalhos de abastecimento de água ao domicilio nas freguesias de Agualva e Vila Nova que foram adjudicados em 2 de Janeiro de 1969, por 3.594.482$40, sendo de 1.200 o número das respectivas instalações.

4.1971- Assume a Paróquia da Fonte do Bastardo na ilha Terceira o padre João Toste Faria, antigo pároco da Praia da ilha Graciosa e recentemente regressado de Lisboa onde colaborou com a Rádio Renascença e no Vicariato Castrense, como capelão da Marinha.

5.1971- Está a realizar-se na cidade da Horta um curso de guias de Turismo, promovida pela comissão Regional de Turismo.

6.2005- O Donatário da Ilha Terceira e o tinto Curral Atlântis (ilha do Pico) estão presentes no Festival Gastronómico em Tenerife.

7.1976- O Presidente da República empossa a Comissão para estudo do anteprojecto do Estatuto dos Açores.

9.1943- Vítimas do embate dum avião militar na Serra de Santa Bárbara (Ilha Terceira) já de regresso à BA4- Lajes, falecem os cabos Fernando Gomes da Costa e José Duarte Pacheco de Mendonça.


11.1971- O S.C. Praiense derrota o S. C. Lusitânia por 2-1, sendo o representante distrital no Torneio Açoriano.

12.1971- É inaugurado pelo governador do distrito uma exposição de produtos hortícolas (alfaces) nos Armazéns Zeferino, à Rua da Sé, Angra do Heroísmo.

13. 1967- É concedida à Cidade Irmã de Tulare, Estados Unidos da América) a Medalha de Ouro de Angra, com Colar.

14.1960- Abre a sua loja de venda ao público, à Rua Walter Bensaúde, na Cidade da Horta, a Padaria Popular.

15.1976- A SATA estabelece as seguintes tarifas: Tarifas para grupos com interesses comuns (IT): descontos que vão de 5% a 20%, conforme o número de pessoas constitui o grupo. Tarifas para jovens: Desconto de 20% sobre as normais, para passageiros dos 12 aos 21 anos de idade. Tarifas para grupos de estudantes em viagens de estuto : desconto de 20%.Plano Familiar. Tarifas para excursões tipo (IT) destinadas a recém casados: as tarifas especiais já em vigor são: 1-crianças e bébés . 2- Estudantes (individuais. 3-grupos desportivos. 4- Militares.5- Órgãos de comunicação social.

16.1971- É exibido no Cine Teatro Recreio dos Artistas em Angra do Heroísmo o filme “O melhor de Bucha e Estica”. 

17. 2010- Realizou-se na sede da Confraria do Vinho de Verdelho dos Biscoitos a cerimónia de investidura dos novos corpos sociais desta instituição açoriana. São ainda aprovadas as linhas programáticas para 2010/2013.

18.1941- É instalada na rua Ernesto do Canto a Biblioteca Municipal de Ponta Delgada, ilha de S. Miguel.

19.1971- Encontra-se na ilha Terceira em serviço da “SAPEC”, a fim de lançar no mercado o “FOLPEC” para tratamento do míldio das vinhas e das batateiras, o regente agrícola Edmar Oliveira.

20.1907- É fundada na Vila Franca do Campo, ilha de São Miguel, a Filarmónica União Progressista. 

21.1971- Chega à Horta o navegador solitário Francis Chischester no seu iate “Gipsy Moth”.

22.1971- O orçamento da Câmara Municipal da Praia da Vitória, para o corrente ano, prevê uma receita e despesa (ordinária e extraordinária) de 16.571.933$50.

23.1975- Os presidentes das Juntas das freguesias de Feteira, Castelo Branco e Flamengos, ilha do Faial reúnem-se a fim de ser constituída uma Associação, tendo em vista o problema do abate e venda de carne ao público.

24. 1860- Em Angra do Heroísmo a Confraria de Santa Cruz e Passos vê os seus estatutos aprovados.

25- 1981- É inaugurada na Califórnia uma Praça de Toiros propriedade de Manuel Correia de Sousa, ganadeiro terceirense ali radicado.

26.1997- Falece na freguesia dos Biscoitos António Simas de Almeida. Comerciante, fotógrafo amador, agricultor/viticultor e criador de gado bravo.

27. 1953- Tem início o abastecimento de água na Praça da freguesia dos Cedros (ilha do Faial).

28.1975- Os Advogados terceirenses têm novo escritório a funcionar na Avenida Conde Sieuve de Menezes, São Lázaro, em Angra do Heroísmo.

29. 2005- Termina em Angra do Heroísmo o VII Festival de Teatro.

30.1971- Pela primeira vez uma caravana de artistas açorianos visita a comunidade portuguesa na Califórnia, uma iniciativa da Casa de Lisboa, localizada em San José, propriedade de Aníbal e Maria Cabral.

Fonte: Arquivos de José da Silva Maya, Álvaro de Castro Meneses, “Revista Ilha Terceira” e “Almanaque Açores”.

sexta-feira, 17 de março de 2017

Compilação da imprensa ( 61 )

Os anteriores Aqui

Fundado há três anos
Museu do Vinho
espera subsídios

In Diário Insular 23 / 24-10-1993
(Quando o jornal de domingo saía de véspera, no sábado)


1993 » 2017 idem... idem (...)

... nunca pediu... não pode esperar.

(até hoje sustentado apenas pela família Brum)

» Clicar no jornal para melhor ler



Casa Agrícola Brum com nova administração - 2007- Aqui

Garrafa Comemorativa do 125.º Aniversário da Casa Agrícola Brum - 2015 - Vídeo Aqui



Outras "Parras" :

Planta da Freguesia dos Biscoitos (ano 1830) aqui

Plantas Vasculares nas Vinhas dos Biscoitos (ano 1971) aqui.

"A vinha perde-se e a população nada ganha" (ano 1994) aqui.

"Região de Biscoitos, nos Açores - Casas em vez de vinhas" - Santos Mota (ano 1994) - aqui.

"Biscoitos: que futuro? "-José Aurélio Almeida (ano 1996) - aqui.

"As Vinha dos Biscoitos" -Bailinho de Carnaval da Freguesia das Fontinhas. (ano 1997) aqui.

Pisa e Mosto (1997) aqui

Sinónimos- Casta Terrantez da Terceira -Aqui

"Uma virada nos Biscoitos"(Açores)- (ano 1998) aqui.

O viticultor açoriano está envelhecido (ano 1998/99) aqui

“Provedor de Justiça dá razão à Confraria” (ano 1999) aqui.

“Museologia de Interpretação da Paisagem Ecomuseu dos Biscoitos, da ilha Terceira” - por Fernando Santos Pessoa (ano de 2001) aqui.

"Carta de risco geológico da Terceira" (ano ano 2001) aqui.

"Paisagem Báquica - Memória e Identidade" - Aurora Carapinha (ano 2001) aqui.

“A Paisagem Açoriana dos Biscoitos” - por Gonçalo Ribeiro Telles (ano 2002) aqui.

"Fadiga sensorial" (ano 2007) aqui.

"Defender curraletas!" (ano 2007) aqui.

"Tutores" (ano 2007) aqui.

A Casa Agrícola Brum tem nova administração - ANO de 2007 AQUI

"Rememorando as origens dos Biscoitos nos séculos XV e XVI"- por Rute Dias Gregório (ano 2008) aquiaqui e aqui.

“A Vinha, o Vinho dos Biscoitos e o Turismo” - por Margarida Pessoa Pires (ano 2009) aqui.

"O Aditivo"- por Francisco dos Reis Maduro-Dias -ano de 2009 Aqui

Biscoitos de Lava para os “sete magníficos” (ano 2011) aqui

"Acerca do vinho" -por Francisco Maduro-Dias (ano 2011) Aqui

Sócios da associação de viticultores da ilha Terceira -  Adega Cooperativa dos Biscoitos C.R.L.- não recebem há mais de 6 anos- Ano de 2011 - Video RTP  Aqui

Produtores engarrafadores e produção de vinho nos Biscoitos em 2012-  Aqui

Produção de vinho nos Biscoitos em 2015 - Aqui

Garrafa Comemorativa do 125.º Aniversário da Casa Agrícola Brum - 2015 - Video Aqui

quarta-feira, 1 de março de 2017

EFEMÉRIDES AÇORIANAS- MARÇO (9)


Jornal “Vida Académica”- ano XXX N.º 194- Angra do Heroísmo 31.10.1962

1.1888- Nasce em Angra do Heroísmo o Tenente – Coronel José Agostinho, cientista de renome internacional.

2.1976- É constituída na cidade da Horta um comité de apoio ao Simpósio sobre vigilância sismológica e vulcanológica da UNESCO, a realizar em Setembro do corrente ano.

3.1933- Sai o número 7, Ano I do Vida Académica, órgão quinzenário da associação Académica de Angra do Heroísmo, o jornal mais antigo dos estudantes portugueses. Foi composto, na cidade de Angra, na Tipografia Insular – João Vieira, sendo seu editor António Corvelo de Ávila, Redactor Guilherme Gomes Filipe e Director Higino Borges de Meneses. " Depois de descoberta a imprensa, dizia Lemontey, ainda não pereceu um governo, que a não tivesse escravizado: depois de tal descoberta, dizia Napoleão, invocam-se as luzes para reinar, e reinam-se para as escravizar".

4.1975- Encontra-se no porto da Praia da Vitória o navio atómico Otto Hamm. da Alemanha Ocidental, que está a realizar pesquisas científicas nos mares dos Açores.
5.1989- Um grupo norte americanos, estacionado na Base das Lajes, visita várias fortalezas da Ilha Terceira. O Dr. Francisco dos Reis Maduro-Dias, Chefe do Gabinete da zona Classificada de Angra foi o guia da excursão.


7.1974- Chega à ilha Terceira a Missão do Ministério da Educação.

8.1974- Cai neve n Serra de Santa Bárbara. A temperatura em Angra do Heroísmo é de 5,5 graus. 

9.1975- Encerra no Museu de Angra do Heroísmo a exposição de pintura e gravura de artistas  portugueses contemporâneos.

10.1974- Continua a ter grande aceitação o disco (50$00 cada) referente às Festas de S. João/1974, a realizar em Angra do Heroísmo.

11.1971- A Federação dos Municipios da Ilha das Flores é autorizada a contrair um empréstimo de 900 contos na Caixa Geral de Depósitos, Crédito Previdência, destinado à exploração do aproveitamento hidroeléctrico e das redes de distribuição e alta e baixa tensão.

12.1971- O jovem casal Maria João Pires e Ortwin Noeth dão um concerto de piano e violino na Fanfarra Operária , em Angra do Heroísmo.

13.1971- A Casa Flórida, sita à Rua da Sé, abre um Salão de Exposições no Largo Prior do Crato, onde funcionou o Café Eskimó. A decoração é do artista terceirense António Azevedo.

14.1971- O S. C.Lusitânia vence o Angrense por uma bola a zero no Campo de Jogos de Angra do Heroísmo. 

15.1967- É colocada no plinto de basalto a estátua do Dr. Manuel Brum de Arriaga na cidade da Horta. Trabalho do escultor micaelense Numídico Bessone.

16.1971- É proibido fora do Matadoiro Municipal de Angra do Heroísmo o abate de aves para venda ao público.

17.1976- A Igreja do Colégio dos Jesuítas é entregue à Câmara Municipal de Ponta Delgada, após obras de cobertura e conservação.

18. 1907- Nasce no Porto Martins, curato do Cabo da Praia, concelho da Praia da Vitória José Alves Amorim, poeta popular.

19.1938- É inaugurada a Casa do Povo na freguesia dos Cedros, ilha do Faial. 

20.1982- O Ministro da República para os Açores, general Conceição e Silva, investe nas funções de Secretário Regional do Equipamento Social o Eng. Victor Macedo.

21.1976- Realiza-se na Ribeira Grande, ilha de S. Miguel, a tradicional Procissão do Senhor dos Passos.

22.1976- O subsecretário de Estado do turismo, dr. Luís Filipe Madeira durante a sua estada na ilha Terceira concede um subsídio anual de 200 contos para quem explorar a Estalagem da Serreta.

23.1984- Em Angra do Heroísmo o Ministro da Republica nos Açores, General Conceição Silva, oferece em honra do Sr. MuQing, Director da Agência Nova China, uma recepção na qual tomam parte elementos da vida politica e administrativa local e representantes dos Órgãos da Comunicação social.

24.1964- Abre no Capelo, ilha do faial, o Museu do Vulcão.

25.1963- Agre na cidade da Horta o restaurante “O Lima”.

26.2008 - Promovida pela Real Associação da Ilha Terceira realiza-se no Auditório da Caixa Económica da Misericórdia, à Rua da Sé, a conferência: «Cem Anos sem Rei – Regicídio, Juriscídio e Reposição da Justiça», proferida pelo Professor Doutor Mendo de Castro Henriques.

27. 1982- Devido ao sismo de há dois anos, são inauguradas no Pico da Urze (Angra do Heroísmo) novas dependências escolares do Colégio de Santa Clara.

28.2010- Realiza-se a Procissão de Ramos na freguesia dos Biscoitos, ilha Terceira.

29.1971- Passagens na TAP Terceira-Lisboa-Terceira a 3.553$50 - às quintas-feiras: Terceira/Lisboa- Quartas-feiras: Lisboa/Terceira.

30.1982- Os Clubes Rotários com sede em Angra do Heroísmo e Praia da Vitória recebem o seu Governador o Professor Doutor Mário Mendes, Mestre Ilustre de Medicina em Coimbra, e outros membros do Clube de Almada e Coimbra.

31. 1987- Ministro da Republica para os Açores oferece em Angra do Heroísmo um jantar a jornalistas da NATO. Portugal foi o País escolhido para receber um grupo de 13 jornalistas, quase na sua totalidade estrangeiro, representados junto da NATO em Bruxelas.  

Fonte: Arquivos de José da Silva Maya, Álvaro de Castro Meneses, “Revista Ilha Terceira” e “Almanaque Açores”.

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

AÇORIANOS AGRACIADOS

Fotografia de Carlos Portulez Ruiz 
Legenda: Dr. João Goulart Bettencourt, Monsenhor José Avelino Bettencourt, Dr. Vitor Escudero, Jácome de Bruges Bettencourt, Suas Altezas Reais Duquesa e Duque de Bragança e Cónego Francisco Dolores Medeiros.


No passado dia 6 de fevereiro realizou-se na Igreja Nossa Senhora da Conceição Velha, em Lisboa, a cerimónia anual da investidura de novos membros na Real Ordem de Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa. 
A Santa Eucaristia foi presidida por D. Nuno Brás, Bispo Auxiliar do Patriarcado de Lisboa, durante a qual se procedeu à investidura de dois eclesiásticos e seis civis a quem o Grão-Mestre, S.A.R. o Senhor Duque de Bragança impôs as insígnias. Cerimónia em que participaram meia centena de cavaleiros da Ordem e vinte damas da Ordem de Santa Isabel.
Foi convidado a participar na Missa, o Bispo Emérito d’Angra D. António de Sousa Braga.
Seguiu-se um almoço de confraternização na Pousada Lisboa – Pestana do Terreiro do Paço.
Esta Ordem Dinástica Portuguesa, passou a contar agora com mais três açorianos. Ou seja, Monsenhor José Avelino Bettencourt, diplomata, responsável pelo Protocolo no Vaticano, o Cónego Francisco Dolores Borges de Medeiros, reitor do Santuário de Nossa Senhora da Conceição de Angra do Heroísmo, e um dos sacerdotes mais queridos da ilha Terceira, e Jácome de Bruges Bettencourt, Cônsul Honorário de Cabo-Verde nos Açores.
Instituída por Decreto publicado no Rio de Janeiro em 6 de fevereiro de 1818, a Ordem de Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa representou solene testemunho de reconhecimento pela libertação do nosso País de um gravíssimo risco e constituiu, nas palavras de Sua Majestade Fidelíssima El-Rei Dom João VI, memória “da devoção que consagro a Nossa Senhora da Conceição invocada por Padroeira do Reino pelo Senhor Dom João IV, Meu predecessor e Avô, expressamente ligada à Casa de Bragança, a cabeça da Ordem era a Capela Real de Vila Viçosa, pertença do Património Brigantino anterior à Nossa Aclamação Dinástica”.
Tudo imprime, portanto, à Ordem de Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa caraterísticas específicas que, colocando-a muito além do simples plano de Ordem Estatal (nessa qualidade extinta pelo Decreto de 18 de outubro de 1910), lhe conferem uma perenidade de natureza histórico-familiar. Por isso, Sua Majestade Fidelíssima El-Rei Dom Manuel II e depois sua Alteza Real o Duque de Bragança (Dom Duarte Nuno), além de até à morte terem usado das insígnias de Grã-Cruzes da Ordem, foram pela prática comum reconhecidos como seus Grão-Mestres, nomeadamente pelos outros Chefes de Casas Reais, tal como resulta da Declaração emitida pelo Duque de Bragança (Dom Duarte Pio) e registada no Vaticano (THE CROSS ON THE SWORD, Supplement to Orders of Knighthood, Awards and the Holy See, Peter Bander van Duren, 1987).