terça-feira, 1 de Julho de 2014

EFEMÉRIDES AÇORIANAS – JULHO (6)

As anteriores aqui

Biscoitos (ilha Terceira) 1934 - Casa Agrícola Brum- Da esquerda: José Berbereia, Manuel Gonçalves Toledo Brum,  Fernando Linhares Brum, António Ramos, Miguel Forjaz, António Lino e Armando Mendonça. Em baixo: António Linhares, Pires Toste, Paulo Marques.

1.1901- A bordo do couraçado “D. Carlos” chegam a Angra do Heroísmo Suas Majestades El-Rei o Senhor D. Carlos I e a Rainha a Senhora D. Amélia.

2. 1901- Estão fundeados na baía d’Angra alguns navios de guerra, o iate real “Amélia” a canhoneira Sado e o rebocador do arsenal de marinha Berrio.

3. 1901- Suas Majestades visitam S. Mateus e de S. Bartolomeu, freguesias do concelho de Angra. 

4. 1901- O programa da visita régia inclui um almoço no Paul. O Pavilhão onde Suas Majestades assistem à revista de pecuária é da autoria de Rafael Bordalo Pinheiro e foi construído pelo empreito Sr. João da Ponte. 
Em frente da tribuna real fazem guarda de honra mais de 100 pastores, trajados a rigor, e os criadores do gado que estão na revista agrícola.
Concorrem à Revista Agrícola 238 vacas leiteiras e seus bezerros, 80 novilhos, 4 toiros mansos, 118 toiros bravos e 1200 reses jungidas aos 600 carros. Na Serra e planície pastam mais de 1.400 cabeças de gado. Presentes nesta festa mais de 30.000 pessoas e 10 guardas civis.
Ao terminar a passagem é ordenhada uma vaca diante do pavilhão, sendo oferecidas a Suas Majestades e comitiva taças de leite que bebem com agrado.
Entre outras especialidades gastronómicas o almoço inclui Pasteis de Lapas e a Alcatra. E entre os melhores vinhos nacionais e franceses os açorianos: “Candelária”, produzido na Ilha Terceira, vinho Graciosa, e vinho Casteletes, da ilha de São Jorge. 
Durante a estada no Paul é oferecido, pelo Sr. José Luiz Sequeira, dois exemplares do cão de fila da ilha Terceira (Rabo Torto) a S. M. a Rainha D. Amélia. 

5.1901- Continua aberta a exposição de 40 cartões postais (fotografias referentes a Angra do Heroísmo e costumes terceirenses) da autoria de António José Leite.

6. 1903- A Ilha Graciosa exportou centeio: 2,258 litros = 120#000reis. Cevada: 309.280 litros = 8.550#000reis. Chicharão. 8.369 Litros = 460#000 reis.

7.1900- Abre a escola primária na fortaleza de S. João Baptista, em Angra do Heroísmo, para os filhos dos soldados operários da oficina do trem. 

8. 1897- Realiza-se na baía da Horta, ilha do Faial, um deslumbrante passeio marítimo, promovido pelo director da Alfandega, a fim de comemorar o 4º centenário da partida de Vasco da Gama para a descoberta da Índia.

9. 1897- Entra no porto da Horta, após ter estado em sondagens no “Banco Princesse Alice”, a canhoneira “Açor”.

10.1897- É comercializado na ilha Terceira milho, importado da América, a 400 réis por cada 15 litros, equivalentes a 1 alqueire das antigas medidas.

11.1902- A ilha Terceira exporta 34.000 quilos de trigo no valor de 10.200#000 reis.

12. 1902- Encontra-se na ilha de S. Miguel a Companhia do Ginásio, de Lisboa, fará dez espetáculos 

13. 1903- O “D. Maria” carrega no porto de Angra 30 moios de milho com destino à ilha das Flores.

14.1934- José Berbereia, António Ramos, Miguel Forjaz, António Lino, Armando Mendonça, António Linhares, Pires Toste e Paulo Marques visitam, nos Biscoitos (ilha Terceira), o amigo Manuel Gonçalves Toledo Brum.

15.1865- É arrematada, por 4 contos de réis, a obra para a reedificação da Igreja da Fortaleza de São João Baptista, em Angra do Heroísmo.

16.1903- A Recreio dos Artistas, de Angra do Heroísmo, assinala o 26.º aniversário da sua fundação. Por tal motivo a filarmónica assistiu na igreja do Colégio a uma missa na capela de N. S. do Carmo, sua padroeira

17. 1952 - Reúnem-se no antigo Centro Trasmontano (Brasil), 57 idealistas com a fim de fundarem a Casa dos Açores do Rio de Janeiro.  Ideia lançada por Vitorino Nemésio

18. 1903- A ilha Terceira exporta 1.555:600 litros de trigo, no valor de 62.225#000 reis. A ilha Graciosa exporta 440.700 litros de vinho = 35.900#000 reis. 

19.1900- É exonerado do cargo de reitor do Liceu d’Angra o Dr. João Álvaro de Brito e Albuquerque

20.1948- O Professor Álvaro de Castro Meneses é admitido e inscrito como sócio n.º165 da Rádio Club de Angra.

21.1900- Chega a Angra o cirurgião militar José A. Campos.

22.1900- O professor primário Luís da Rocha leva a exame vinte alunos, ficando todos aprovados, quatro deles com distinção.

23. 1926- Falece em Ponta Delgada, ilha de S. Miguel, o Coronel Afonso de Chaves, geofísico e meteorologista.

24.1903- É empossado notário na Vila de Santa Cruz da Graciosa o Sr. António Simas de Mendonça.

25.1900- Regressa à ilha Terceira o Dr. José Pimentel Homem de Noronha, deputado pelo concelho da Praia da Vitória e Presidente da Câmara de Angra do Heroísmo 

26. 1900- Falece às 22 horas em Angra do Heroísmo o Dr. José Augusto Nogueira Sampaio.

27. 1840- Nasce, em Ponta Delgada, José Joaquim de Sena Freitas.

28.1870- Falece na Quinta da Misericórdia, Pico da Urze, em Angra do Heroísmo, o dispo desta diocese D. Frei Estevam de Jesus Maria.

29.1848- O vapor inglês “Dee” toca o porto da Horta.

30.1900- A ilha de S. Jorge exporta 106.000 quilos de manteiga no valor de 65.000#000 reis.

31. 1900- Cessa a circulação e validade do papel selado antigo tipo.

Fonte: Memória sobre a ilha Terceira – Alfredo da Silva Sampaio – 1904; Memória da Visita Régia à Ilha Terceira - Alfredo Luís Campos -1903; Apontamentos/arquivo de Álvaro de Castro Meneses e de José da Silva Maya

segunda-feira, 30 de Junho de 2014

quinta-feira, 26 de Junho de 2014

MARCHA DOS VETERANOS - SANJOANINAS 2014

Calceteiros Angrenses (20)

O anterior AQUI

Marcha dos Calceteiros - Vídeo
Uma homenagem aos Calceteiros Angrenses

domingo, 22 de Junho de 2014

Embaixador da China nos Açores



O Embaixador em Portugal da República Popular da China Huang Songfu encontrou-se nos Açores com o tranquilo Donatário e o generoso Chico Maria. O Museu do Vinho da Casa Agrícola Brum foi o local escolhido. 
À saída não foram prestadas declarações. No entanto “Bagos de Uva” sabe que as conversações foram bastante frutíferas, contribuindo para tal o facto de os vinhos produzidos pela família Brum falarem chinês.

quarta-feira, 18 de Junho de 2014

Calceteiros angrenses (19)

O anterior AQUI

Marcha dos Calceteiros - Veteranos 2014 . Vídeo

 Edição: Francisco Veloso


 Marcha dos Veteranos
Uma homenagem aos Calceteiros Angrenses




domingo, 8 de Junho de 2014

Resplendor do Senhor Santo Cristo

"Esplendor e Glória"

Ponta Delgada (1957) Procissão do Senhor Santo Cristo dos Milagres

A Irmandade do Senhor Santo Cristo e muitas centenas de fiéis opõem-se à presença do resplendor do Senhor Santo Cristo dos Milagres, na exposição "Esplendor e Glória", entre Junho e Outubro de 2014, no Museu de Arte Antiga, em Lisboa. 

sexta-feira, 6 de Junho de 2014

À procura de Malcolm Clarke


No âmbito da criação dum espaço expositivo dedicado ao espólio de Malcolm Clarke, o Município da Madalena comissionou uma série de intervenções de arte urbana pelo artista Luís Brum. Como resultado foram criadas duas obras. Uma na fachada do espaço de exposição, no Estádio Municipal da Madalena, e outro à saída da nova gare marítima da Madalena (Ilha do Pico). O tema e o estilo dos desenhos são, de certa forma, inspirados nos contos de Júlio Verne, onde estes titãs são ocorrências comuns.