quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Eleições Legislativas de Cabo Verde

A Câmara Municipal de Angra do Heroísmo colaborou com o acto eleitoral

O Consulado da República de Cabo Verde nos Açores, através do Cônsul Honorário Jácome de Bruges Bettencourt, anunciou na noite do próprio dia 6, em Angra do Heroísmo, o resultado do Acto Eleitoral na sua área de jurisdição, onde funcionaram pela primeira vez, 3 mesas em Angra do Heroísmo, Ponta Delgada e Madalena do Pico, sendo que é nas ilhas do Pico, Terceira e são Miguel que residem maior número de cabo-verdianos recenseados.

Portugal e assim a região Autónoma dos Açores pertencem ao Círculo Eleitoral – Diáspora: Europa e Resto do Mundo elegendo 2 deputados. Concorreram neste circulo 3 forças politicas, a União Cabo-Verdiana Independente e Democrática (UCID) liderada por António Delgado Monteiro, licenciado em engenharia electrotécnica pela Universidade Politécnica de Odessa, cujo partido se inspira nos princípios da Democracia Cristã, a solidariedade, a fraternidade, a justiça, a paz, a defesa da vida, da família e do bem estar social; o Movimento Para Democracia (MpD), partido abertura politica ao multipartidarismo, é dirigido por Carlos Wahmon de Carvalho Veiga, licenciado em Direito pela Universidade Clássica de Lisboa, onde foi colega de grandes juristas portugueses como Marcelo Rebelo de Sousa e Jorge Miranda, pertencendo a essa geração de homens brilhantes do Direito, com reconhecimento internacional. Foi conservador do Registo Civil, juiz, Procurador Geral da Republica de Cabo Verde, Bastonário da Ordem dos Advogados de Cabo Verde, etc.. Fundou o seu Partido em 1990 e já foi Primeiro-Ministro. O outro partido concorrente foi o Partido Africano da Independência de cabo Verde (PAICV), fundado em 1956 por Amílcar Cabral, liderado pelo actual 1º Ministro José Maria Neves, licenciado em Administração Pública pela Escola Superior de Administração Pública de S. Paulo, Brasil, (EAESP da Fundação Getúlio Vargas), detentor, como os anteriores de notável e invejável currículo.

Dos 5 partidos em disputa, apenas concorreram em todos os círculos os dois principais, PAICV e MpD. Os outros eram o Partido do Trabalho e Solidariedade (PTS) e o Partido Social Democrata (PSD). Disputaram-se 72 lugares à Assembleia Nacional de Cabo Verde.

Foi eleito deputado, cabeça de lista pelo PAICV, no Círculo Diáspora: Europa e Resto do Mundo, o Dr. Arnaldo Andrade Ramos, ex-embaixador em Portugal, que se deslocou aos Açores várias vezes e onde conta muitas amizades.

Assembleia de Voto nº 1 em Angra do Heroísmo

Os três partidos concorrentes ao círculo a que pertencem os Açores somaram nesta região: UCID: 3 votos; MPD: 59 votos; PAICV: 73 votos. A mesa que contou com maior participação de eleitores foi Angra do Heroísmo.
O Cônsul nos Açores agradeceu a colaboração dispensada pelos Municípios que cederam instalações e aos Órgãos de Comunicação Social prontos a dar informações úteis sobre este acto.

Fonte: Consulado da República de Cabo Verde

1 comentário:

Eurico disse...

O PAICV venceu merecidamente as eleições legislativas. Uma das muitas prioridades do GOverno de José Maria Neves é a instituciionalização da Região da Macaronésia que abrange as ilhas deCabo Verde, das Canárias, da Madeira e dos Acores.